Weby shortcut
Logo CEGRAF
Facebook Grafica

Entrevista a REGINA COELI DE OLIVEIRA AZEVEDO

• Entrevista a REGINA COELI DE OLIVEIRA AZEVEDO, da equipe da DIVISÃO DE EDITORAÇÃO do CEGRAF/ UFG

PERGUNTA (P.). Por que a senhora decidiu começar a trabalhar na Editora UFG?
RESPOSTA (R.). O desejo de vir para Goiânia surgiu quando a minha família se mudou para cá. Como eu já era servidora na cidade do Rio de Janeiro e trabalhava na área de informática, pedi a minha transferência para a UFG e solicitei a minha lotação para o CEGRAF/ UFG.

(P.). Quais funções a senhora desempenhou ao longo da sua trajetória profissional no CEGRAF/ UFG?
(R.). Desde o início trabalhei na Divisão de Editoração, na linha editorial, com projetos gráficos.

(P.). Quais são as principais mudanças que houve no CEGRAF/ UFG segundo a sua experiência?
(R.). Ao longo do tempo em que trabalho no CEGRAF/ UFG, as principais mudanças, a meu ver, foram os investimentos e a valorização dos profissionais para a reestruturação do CEGRAF/ UFG.

(P.). Qual a melhor obra produzida pelo CEGRAF/ UFG?
(R.). Muitas obras de qualidade foram produzidas pelo CEGRAF/ UFG; no entanto, umas das que mais me chamou a atenção foi Cora Coralina – o mito de Aninha, pela criação do seu projeto, no qual eu intervim.

(P.). Quais são as suas melhores e piores lembranças deste órgão suplementar?
(R.). A pior lembrança foi do período em que o CEGRAF/ UFG corria o risco de ser extinto e em que os sentimentos de abandono e frustração predominavam. E a melhor lembrança foi do período após essa crise, em que pude observar o fortalecimento e o crescimento deste órgão suplementar através das relações interpessoais e o comprometimento de todos com a causa.

foto_regina

Listar Todas Voltar