Weby shortcut
Logo CEGRAF
Facebook Grafica

Entrevista a Luiz Carlos Machado

Entrevista a Luiz Carlos Machado, da equipe da Divisão de Revisão do CEGRAF/ UFG

PERGUNTA (P.). Por que o senhor decidiu começar a trabalhar na CEGRAF/ UFG?
RESPOSTA (R.). A oportunidade de trabalhar no CEGRAF/ UFG surgiu quando uma das diretoras abriu um concurso específico para trabalhar na Divisão de Revisão, dentro da área de Letras.

(P.). Quais funções o senhor desempenhou ao longo da sua trajetória profissional no CEGRAF/ UFG?
(R.). Na gestão do Prof. Adão, fui Secretário do Conselho Editorial e também colaborava na Seção de Divulgação. Após o término do seu mandato, voltei a ser revisor na Divisão de Revisão.

(P.). Como eram as antigas instalações CEGRAF/ UFG? Quais as principais mudanças que houve no CEGRAF/ UFG, nas últimas duas décadas, segundo a sua experiência?
(R.). Antigamente, tanto na Divisão Gráfica quanto na Divisão de Editoração, nós vivíamos na era do papel, em que todos os processos eram artesanais. Hoje em dia, passamos por um processo de informatização e, com a contratação dos terceirizados para nos auxiliar, o processo ficou mais dinâmico.

(P.). No seu parecer, qual é a melhor obra produzida pelo CEGRAF/ UFG?
(R.). Para mim, Filmes do Brasil secreto foi um dos melhores livros produzidos pelo CEGRAF/ UFG, tanto pela análise do autor, quanto pelo seu design.

(P.). Quais são as suas melhores e piores lembranças deste órgão suplementar?
(R.). As piores lembranças são do salário precário e da má qualidade dos equipamentos nos primeiros anos de trabalho. Tive as minhas melhores experiências profissionais durante a gestão do Prof. Adão; nessa gestão, foi implantada uma intensa política de recursos humanos que visava a melhorar, o máximo possível, as condições de trabalho.

foto_luiz

Listar Todas Voltar